Deixa prá lá…depois penso nissi

Travo uma luta interior,
E nesta luta, só há um perdedor: eu mesma,

Não quero querer,
Mas quero…

Queria estar perto,
Estou longe…

Quando penso que estou esquecendo,
Descubro que estava me enganando….

Achava que havia transmutado
Certo sentimento que nascia,
Em outro, menos perigoso: amizade,

Descobri que posso fazê-lo,
Mas com isso sinto a decepção de um quase
¿Como poderia ter sido?
…pergunto;

E outra pergunta aflora à mente?
Quantas armadilhas nossos corações são capazes de criar?
Quantos labirintos constroem, sempre com a mesma saída…

Pois então, sigo caminhando,
Continuo transmutando,
Mas não mais me enganando….

Mesmo querendo viver algo,
Mesmo que coloquemos neste querer toda a força de nossos corações,
Isso não significa que viveremos,
Que nossas aspirações serão satisfeitas…

Por hora, só queria não comparar todos os demais à você,
Isso é injusto: todos perdem feio, hehe.

Então vamos,
Somos amigos, sua amizade é preciosa,
Poucas pessoas encontrei com tal lisura de caráter,
Com tantos atributos intelectuais,
Com tamanha bondade…

O Estagirita disse que pessoa virtuosa
Não rompe amizades sem motivo,
E não o faço, não o farei…

Todavia, anoto que ainda permanece,
a desilusão do quase

by me

7 Comentários

  1. Aline Lima said,

    junho 10, 2008 às 7:27 pm

    Amiga!! Também estava com saudades… obrigada pela visita!!!

    O bom é que sempre que venho aqui me encanto com teus versos, este acima está maravilhoso… me fez sentir tua decisão.. aquela dificil em que abrimos mão do que queremos em troca de algo mais importante, que nem sempre é o que queremos, mas que no fundo é o que tem valor….

    Bjus

  2. Fatima said,

    junho 13, 2008 às 3:08 am

    Aline:

    Ah….nossos corações são tão traiçoeiros,
    tendemos a querer sempre o que tínhamos, ou o que outrora pensamos ter, ou o que quisemos muito ter….

    Do que adianta sofrer? Amar é bom, ser amada é melhor ainda!
    ‘Inda bem que nunca carregarei comigo o peso de não ter declarado o que sinto, sempre o fiz, nunca me arrependi – tudo bem que comigo o gajo só não percebe se for cego, surdo, mudo e burro, pois só falto hastear uma bandeira na Torre da Paulista, no Cristo Redentor ou em qualquer lugar bem alto e visitado, né?😉

    Para entender-nos, só sendo mulher…concordas?

    Beijos e obrigada pela visita!

  3. karoline said,

    agosto 18, 2008 às 2:20 pm

    Eu amo kii amO “Paulinho”

  4. Paulinha dos Santos said,

    agosto 26, 2008 às 8:41 pm

    Muito legal eu amei muito
    E nessa vida todos somos vencedores e nunca perdedores
    Lembre disso
    e um beijãoooooooooooooo!!

  5. nany =] said,

    setembro 6, 2008 às 5:41 pm

    Nossa adorei!
    entrei nessa página por acaso
    e li!
    achei muito liindo!
    Parabéns! ;D

  6. dany said,

    outubro 10, 2008 às 6:51 pm

    ola…
    O ERRADO É A RAZÃO DO CERTU!!!!

    nada é perfeito na vida……

    xc~~

  7. dandinha said,

    abril 6, 2010 às 7:15 pm

    Adorei!
    Peço muito mais para as pessoas apaixonadas !!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: